Um dos documentos / procedimentos mais importantes para o pedido de residência na Itália, visando o reconhecimento da cidadania por descendência (jure sanguinis) é o carimbo da imigração italiana no passaporte, ou na impossibilidade deste (para aqueles que chegam à Itália proveniente de um dos países do Espaço Schengen), a já famosa “Dichiarazione di Presenza”. Pois bem, neste texto procuramos informar de modo claro e suscinto o que deve ser feito para a obtenção desta declaração:

  • Em que circunstância deve ser feita a “Dichiarazione di Presenza”? Na falta do visto concedido pela Imigração Italiana no passaporte brasileiro;
  • Até quando deve ser feita? Em até 8 dias da data de chegada em território italiano;
  • Onde deve ser feita? Junto ao “Ufficio Immigrazione” da “Questura” da Província (Polizia di Stato) em que você pretende constituir residência (as estruturas principais das “Questure” localizam-se nas capitais das mesmas, mas em algumas podem haver sedes destacadas, veja aqui mais informações. Importante! Não existe prévio agendamento para este procedimento, então a dica é chegar muito antes da abertura do “Ufficio” pois as filas costumam ser imensas.
  • O que deve ser apresentado:
  1. Passaporte com cópia da página de identificação e do visto de entrada no país de chegada no Espaço Schengen;
  2. Formulário Dichiarazione di Presenza em 2 vias;
  3. Formulário Comunicazione di Ospitalità em 2 vias, a ser preenchido pela pessoa que vai hospedá-lo, este formulário deve ser autenticado junto ao comune de residência;
  4. 4 fotos tessera (normalmente nas “Questure” você encotra as famosas máquinas automáticas para estas fotos);

O procedimento é feito normalmente de modo imediato, in bocca al lupo!

Mais detalhes aqui: http://www.poliziadistato.it/articolo/view/31013/

Deixe uma resposta

Fechar Menu
error: Conteúdo Protegido!