Um dos locais onde você poderá se estabelecer para fazer o reconhecimento da cidadania italiana conosco é a ilha da Sardenha (em italiano, Sardegna), cuja capital é Cagliari. Então preparamos uma pequena apresentação que resume (tarefa bem difícil) essa região conhecida no mundo inteiro pelas suas maravilhosas praias e pela sua cultura milenar.

Uma viagem navegando num mar cor de esmeralda, entre pequenas e grandes enseadas de areias brancas: esta é a Sardenha, uma ilha que surpreende pelos seus contrastes naturais, luzes e cores, uma ilha cercada de antigas tradições e preenchida de uma natureza selvagem e intocada.

Localizada no centro do Mar Mediterrâneo, com um território predominantemente montanhoso, a Sardenha oferece um ambiente natural único, áspero e suave ao mesmo tempo. O homem em algumas áreas é presença rara; vastas áreas permaneceram inacreditavelmente  intactas, habitadas por veados, javalis, cavalos selvagens e grandes aves de rapina e são ricas em pequenas áreas desérticas, pequenos torrentes, lagoas e florestas exuberantes com árvores de milhares de anos de idade.

O mar reina supremo em uma miríade de cores, insinuando-se em enseadas tortuosas ao longo dos altos costões e praias nos locais mais populares. A Costa Esmeralda com sua pérola, Porto Cervo, é um exemplo. Seu antigo porto é considerado o porto turístico melhor equipado do Mediterrâneo. Já Porto Rotondo é também um local renomado, possuidor de um panorama que vislumbra o vasto Golfo de Cugnana e é constituído por casas e praças situadas em meio à uma natureza magnífica.

Aqueles que preferem às montanhas ao mar terão a região de Gennargentu como destino impreterível. Essa região abrange o maior complexo montanhoso da Sardenha, com seus cenários pictóricos, onde a natureza (mais uma vez) ocupa um lugar de destaque. Com flora e fauna riquíssimas, Gennargentu é povoado de muflões (uma espécie de carneiro selvagem), águias douradas, veados da Sardenha e várias outras espécies protegidas.

Entre outras maravilhas, a Sardenha oferece aos visitantes os complexos nurágicos espalhados por todo o território, os “nuraghi” são monumentos únicos no mundo que testemunham uma cultura antiga e ainda parcialmente misteriosa que vissejou do século XV ao século VI A.C. Os “nuraghi” – construídos com grandes blocos de pedra – se desenvolvem em torno de uma torre central em forma de cone, o  que transmite uma sensação de solidez e poder. Nestes sítios arqueológicos encontram-se sinais de antigos rituais e da vida doméstica desta civilização. Entre os muitos sítios arqueológicos, o complexo de Barumini, na província do Medio Campidano, está na lista do patrimônio mundial da UNESCO.

Politicamente a Sardenha, que possui em torno de um milhão e meio de habitantes, é composta pelas províncias de  Cagliari (capital), Carbonia-Iglesias, Nuoro, Olbia-Tempio, Oristano, Medio Campidano, Sassari, Ogliastra.

Para mais informações consulte: https://www.sardegnaturismo.it/

Deixe uma resposta

Fechar Menu
error: Conteúdo Protegido!