Novo modelo da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) foi incluído no acordo de conversão entre Brasil e Itália

A nova CNH passa a ser conversível a partir de 22 de fevereiro, a informação vem do Senador Ricardo Merlo, Subsecretário de Estado do Ministério das Relações Exteriores da Itália, na última quinta feira dia 10 de janeiro, e de fato, podemos constatar que não se trata de uma “fake news”, pois no site do MIT, Ministero delle Infrastrutture e dei Trasporti já foi publicado o protocolo/edital (baixe aqui).

Boa parte da comunidade brasileira na Itália aguardava ansiosa por esta notícia, pois são muitos os que já tem a nova CNH em mãos (com QR code) e que eram impedidos de dirigir e/ou de exercer suas profissões. Esta situação foi gerada por conta de um “descuido” do governo brasileiro, que não contemplou no acordo bilateral (de janeiro de 2018) o novo modelo  de CNH, adotado ainda em 2017, pela resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que regulamentou apenas as habilitações emitidas entre 2006 e 2016.

O Acordo Brasil-Itália sobre Conversão de Carteiras de Motorista prevê que os nacionais de um dos países que residem no outro país podem pedir a conversão da carteira sem submeter-se à exames teóricos e práticos, nas categorias A e B.

Novo modelo da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) foi incluído no acordo de conversão entre Brasil e Itália

Veja quais os requisitos e documentos para solicitar a conversão:

1) Pedido por escrito no modelo mod. TT2112 (baixe aqui) distribuído nas “motorizzazioni”, ACI (Autobile Club Italiano) ou nas autoescolas;

2) Depósitos de 10,20 euros na conta corrente 9001 e de 32 euros na conta corrente 4028. Os comprovantes devem ser colados nos espaços apropriados do formulário acima descrito;

3) “Dichiarazione sostitutiva di certificazione” (baixe aqui) com a indicação da:

  • Residência atual;
  • Data e local da primeira aquisição de residência em Itália, especificando o país estrangeiro de origem.

4) Atestado médico com foto (com data não anterior à três meses) emitido pelo Médico de base e conveniados;

5) Duas fotografias padrão “tessera”;

6) CNH válida original e uma fotocópia da mesma;

7) Tradução juramentada da CNH, peça um orçamento!

8) Os cidadãos extra-comunitários devem também apresentar o permesso di soggiorno ou a carta di soggiorno seja no momento da apresentação do pedido como no momento da retirada da “Patente di Guida”. São válidos também os recibos dos “permessi” acima citados;

9) Fotocópia da “carta d`identità” italiana;

10) Fotocópia do “Codice Fiscale”.

Novo modelo da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) foi incluído no acordo de conversão entre Brasil e Itália

Clique aqui para solicitar um orçamento para assessorá-lo neste processo!

Pericles Puccini – Soggiorno Italiano

Deixe uma resposta

Fechar Menu
error: Conteúdo Protegido!

A

agradece seu contato, em breve responderemos sua mensagem.

Contate-nos